Equipamentos

o que é coleta seletiva

Coleta Seletiva

A Coleta Seletiva é um mecanismo de recolha dos resíduos, os quais são classificados de acordo com sua origem e depositados em contentores indicados por cores.

Ou seja, eles podem ser resíduos orgânicos ou materiais recicláveis como papel, plástico, vidro, dentre outros. Além deles, materiais hospitalares e radioativos têm um destino diferente.

Cores dos Coletores de Lixo

Segundo a Resolução do CONAMA (Conselho Nacional do Meio Ambiente) N.º 275/2001, foi estabelecido um código de cores para diferentes tipos de resíduos na coleta seletiva. Assim, no padrão das cores dos contentores os materiais que cada um deles recebe são:

Lixeira Azul

papéis e papelões
Servem para a coleta de papéis. Nela devem ser descartadas todos os lixos que envolvam esse material e também o papelão.

Lixeira Verde

Vidros
É muito importante destacar os materiais mais perigosos e cortantes em uma lixeira específica, pois assim o lixeiro saberá que deve tomar o cuidado necessário na hora da coleta. Nesse caso, vidros devem ser descartados nas lixeiras de cor verde.

Lixeira Vermelha

Plásticos
Garrafas pet e outros materiais plásticos devem ser descartados na lixeira de cor vermelha.

Lixeira Amarela

Matais
As latinhas de cerveja e refrigerantes devem ser devidamente descartadas em lixeiras na cor amarela. Atenção: todo cuidado é pouco na hora do descarte de materiais em metal.

Lixeira Laranja

Resíduos Perigosos
Apesar de pouco utilizada, a lixeira na cor laranja serve para coletar materiais considerados perigosos.

Lixeira Marrom

Resíduos Orgânicos
Resíduos orgânicos, de origem animal ou vegetal, devem ser destacados na lixeira de cor marrom.

Lixeira Preta

Madeiras
É ideal para o descarte de materiais de madeira, como pallet, caixotes, galhos de árvores e troncos, além de restos de madeiras pintadas ou envernizadas.

Lixeira Cinza

Materiais Não Reciclados
Todos os resíduos não recicláveis, como restos de alimento, devem ser despejados nas lixeiras de cor cinza.

Lixeira Branca

Lixos Hospitalares
Muito comum em hospitais, as lixeiras brancas servem para a coleta de resíduos ambulatoriais e de serviços de saúde.

Lixeira Roxa

Resíduos Radioativos
A cor roxa também é sinônimo de perigo e coleta resíduos radioativos.

Além dos contentores específicos para tais materiais, existem outros, por exemplo: para óleo usado, pilhas, baterias, rolhas, etc. Muitas vezes, as próprias empresas que trabalham com esses produtos os recebem de volta depois de usados.

Um exemplo são as empresas de telecomunicações que recebem aparelhos usados com o intuito de reciclar. Essas ações demostram que a empresa tem práticas de desenvolvimento sustentável, as quais auxiliam na manutenção ambiental.

Importância da Coleta Seletiva

A coleta seletiva representa a maneira ecológica mais adequada para o descarte de lixo. Associado ao tema de educação ambiental e do desenvolvimento sustentável, a coleta seletiva evita a poluição do solo e das águas. A intenção é separar todos os resíduos, utilizando-os na reciclagem.

Todos os cidadãos podem colaborar com a separação dos materiais seguindo a teoria dos 3 r’s, ou seja:

Reduzir

Reduzir

Mudança de hábitos de consumo, reduzindo assim a proliferação de lixo.

Reutilizar

Reutilizar

Reutilização de materiais, como sacolas de supermercado, potes de vidro e plástico, dentre outros.

Reciclar

Reciclar

Através de processos artesanais ou industriais, transformam-se materiais usados em novos produtos.

O que são Resíduos Sólidos?

A Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) os define como “todo material, substância, objeto ou bem descartado resultante de atividades humanas em sociedade”. O descarte desse resíduo não significa que ele não tem mais valor, mas sim que não é mais necessário para quem o descartou. Contudo, existem grandes chances desse resíduo ainda ser útil para outras pessoas, em sua forma original ou transformado.

Resíduos são diferentes de rejeitos. Estes últimos não têm possibilidade economicamente viável de tratamento e recuperação. Por isso, devem receber uma disposição final ambientalmente adequada.

Os resíduos podem ser classificados em relação à sua origem e sua forma:

Quanto à origem

Resíduos domiciliares

Resíduos de estabelicimentos comerciais e prestadores de serviço

Resíduos de serviços de saúde

Resíduos de serviços de saúde

Resíduos de limpeza urbana

Resíduos dos serviços públicos de saneamento básico

Resíduos da construção civil

Resíduos de mineração

Resíduos sólidos urbanos (RSU)

Resíduos industriais

Resíduos agrossilvopastoris

Quanto à periculosidade

Perigosos

Não perigosos

Cada tipo de resíduo possui características específicas que irão determinar como ele deve ser manuseado, acondicionado, transportado e tratado. A gestão inadequada dos resíduos sólidos acarreta grandes impactos ao meio ambiente, como contaminação de corpos d’água, atração de vetores de doenças (insetos, roedores e urubus) e geração de gases poluentes, como o metano, que é considerado o principal gás de efeito estufa (GEE).

Especificamente os resíduos sólidos urbanos (RSU) podem ser classificados, de forma qualitativa e quantitativa, quanto à gravimetria, isto é, à sua composição. Na gravimetria, são identificados os tipos de compostos que existem em determinada quantidade de lixo. Com ela, é possível gerar um gráfico como este:

Classificação dos resíduos sólidos urbanos quanto à composições

Matéria Orgânica
Matéria Orgânica 52.68%
Papel / Papelão
Papel / Papelão 19.29%
Plástico
Plástico 16.84%
Outros
6.33%
Vidro
Vidro 3.18%
Metal
Metal 1.68%

Fonte: Prefeitura municipal. Plano Municipal de Gestão integrada de resíduos sólidos da cidade do Rio de Janeiro – Diagnóstico 2012. Rio de Janeiro 2012.

Nesse exemplo, o gráfico indica que mais da metade do total de resíduos, 52,68%, são orgânicos. Isso significa que essa fração é composta somente por materiais como restos de alimentos, como verduras e frutas, e resíduos de animais.

Artigos

Mulher em um aterro sanitário

Como funciona um aterro sanitário?

Informações Como funciona um aterro sanitário?  Neste artigo discutiremos informações gerais sobre aterros, como funcionam, para que são utilizados e o custo deste trabalho de

Saber Mais

Nós usamos cookies

Eles são usados para aprimorar a sua experiência. Ao fechar este banner ou continuar na página, você concorda com o uso de cookies.

Saber mais